menosvalia

Livro: “Rosângela Rennó”. Textos: Moacir dos Anjos, Lucia Capanema, Maria Angélica Melendi e Cuauhtémoc Medina.
São Paulo: Cosac Naify, 2012 336 pp., 154 ils Fotos: © Edouard Fraipont

Várias são as razões que levam os objetos ao abandono: o excesso de uso e desgaste, a obsolescência natural ou programada, um desaparecimento involuntário ou a simples perda de interesse do proprietário em possuí-lo. Entretanto, o que os leva de volta ao mercado, através das feiras de artigos de segunda mão, é a certeza de que algum valor, mesmo que improvável, possa lhes ser atribuído, sempre.

O projeto Menos-valia [leilão] foi constituído por um conjunto de 73 desses objetos pertencentes ao universo fotográfico, encontrados e adquiridos em diversas feiras, e sua “denominação de origem” – inscrita, fisicamente, em cada um deles – é tão importante quanto sua própria natureza. Por meio de um longo processo de seleção, recomposição e recondicionamento, transformação, recontextualização e exposição, essas peças passaram por sucessivas agregações de valor material e simbólico até seu destino final: um leilão dentro de um espaço institucionalizado da arte.

O conjunto foi exposto na XXIX Bienal de São Paulo e leiloado, lote por lote, pelo leiloeiro oficial Aloisio Cravo, no dia 9 de dezembro de 2010, no próprio pavilhão da Bienal. Cada comprador recebeu o certificado de propriedade de uma parte do projeto Menos-valia [leilão] e, dessa maneira, a incluiu em sua coleção de arte.

No campo das ideias, esse projeto deve ser compreendido, também, como exemplo de “recuperacionismo ativo de transformação” – devidamente ancorado na Ruinologia –, prática já bastante consolidada nos territórios da ética e da estética contemporânea.

menosvalia2

Clique aqui para saber mais sobre a obra no site da artista.

90 damen 90 damen